quinta-feira, 20 de julho de 2017

CINE ECO DE SEIA NO SABUGAL


A convite do Centro Local de Aprendizagem da Universidade Aberta, o Município do Sabugal recebe no próximo dia 28 de julho, sexta-feira, o Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela – Cine Eco | Seia. Na ocasião será exibido o filme “Contrabando”, do realizador Paulo Vinhas, que obteve uma Menção Honrosa na Competição Lusofonia no CineEco 2016.
O documentário, com duração de 52 minutos, será projetado na Biblioteca Municipal do... Sabugal, pelas 15 horas, no âmbito das “Férias em Ação” promovidas pelo Município do Sabugal, e no Auditório Municipal do Sabugal, às 21h30, para o público em geral. A sessão da noite será precedida de uma intervenção de Paulo Vinhas, realizador da longa-metragem, e de Mário Branquinho, diretor do CineEco e responsável da Casa Municipal da Cultura de Seia.
A entrada é gratuita.
Sinopse:
“Este documentário regista testemunhos de gentes locais que se dedicaram durante os anos 80, até à celebração do tratado de Schengen, à prática do contrabando. São testemunhos autênticos e honestos de ambos os lados da “Raia”, desde Marvão até Meimoa. Antigos contrabandistas e antigos guardas-fiscais são as personagens principais deste documentário, mas mais testemunhos há que relatam a experiência do contrabando e o fenómeno do seu desaparecimento. Assim, o filme propõe uma reflexão acerca do estado destas zonas raianas e da formação das suas diferentes identidades.”


sexta-feira, 14 de julho de 2017

VISITAS ORIENTADAS AOS CENTROS HISTÓRICOS DO SABUGAL E DE SORTELHA


O Município do Sabugal promove visitas orientadas aos Centros Históricos do Sabugal e de Sortelha, com acompanhamento dos técnicos de Turismo da autarquia.
As visitas podem ser realizadas nos dias úteis, pelas 11 horas, e nos feriados e fins de semana, às 16h30, tendo estas um custo de 25 euros para grupos até 25 pessoas e de 35 euros para grupos com mais de 25.
As reservas podem ser efetuadas através do email: visit@cm-sabugal.pt ou dos tlfs: 800 262 788 | 271 750 080, sendo que todas as visitas terão que ser marcadas com 24 horas de antecedência.
Esperamos por si!

Cicloturismo Por Terras do Côa

A cidade do Sabugal será o ponto de partida e de chegada desta prova, onde percurso escolhido visou mais uma vez a inclusão de estradas com escasso trânsito automóvel, mas em excelentes condições e com enquadramentos paisagísticos de excepção num traçado desafiante e caracterizado pelos grandes horizontes, com passagem por alguns dos mais emblemáticos pontos turísticos da região, dando visibilidade ao território do concelho do Sabugal como destino de excepção para a prática do ciclismo e do cicloturismo. O Cicloturismo por Terras do Côa é um evento sem carácter competitivo, objectivando o convívio e o lazer entre os amantes da modalidade. Este desafio terá dois níveis de dificuldade, 65-70Km e 100-105 Km, numa escolha criteriosa do percurso, onde os participantes encontrarão traçados com as mais variadas características, zonas rolantes com piso bem conservado, zonas mas exigentes de estradas antigas e pendentes variadas.
No final, para repor energias, os participantes poderão degustar a fantástica paella confeccionada por Joaquim Bogas, provavelmente o melhor cozinheiro da especialidade em toda a Península Ibérica!!!
Inscrições aqui.


quinta-feira, 13 de julho de 2017

Invasão ao Domingo - Projecto LIFE Biodiscoveries

Face ao sucesso das últimas iniciativas, o projecto LIFE Biodiscoveries, irá a partir do dia 16 de julho promover a "Invasão ao Domingo". Assim, no 3º domingo de cada mês, das 9h30 às 11h30, estaremos na Mata para vos receber e conjuntamente trabalhar nos talhões e passar uma manhã em convívio.

Juntem-se a nós!


2.º Aniversário Malcata com Futuro


quarta-feira, 12 de julho de 2017

FILME/DOCUMENTÁRIO SOBRE A CAPEIA APRESENTADO NO TMG


No próximo dia 19 de julho, quarta-feira, pelas 21h30, vai ser apresentado no Teatro Municipal da Guarda (TMG) o filme/documentário genérico sobre a Capeia Arraiana, o qual teve estreia, no dia 18 de março, no Auditório Municipal do Sabugal.
Numa perspetiva de valorização da Capeia, manifestação tauromáquica específica da raia sabugalense, depois da apresentação do filme/documentário, segue-se uma tertúlia/debate, com a presença de Norberto Manso, responsável pela inventariação da Capeia no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial; Hugo Moreira, realizador do filme; e Ricardo Dias, responsável pela coprodução.
Este é mais um passo dado pela autarquia em prol das “terras do forcão”, na valorização, preservação e promoção da Capeia.
‘Na pluralidade de manifestações culturais de uma comunidade, algumas destacam-se, não porque, em si, sejam mais importantes, mas porque as pessoas na vivência das práticas culturais a elas se entregam com intensidade, outorgando-lhes, dessa forma, uma abrangência identitária, conferindo aos membros da comunidade um forte sentido de pertença.
Entre as numerosas expressões de cultura tradicional do concelho do Sabugal, a Capeia afirma-se como a mais identitária, a que melhor interpreta a memória colectiva e a que dá maior sentido de pertença aos membros da comunidade, em especial nas localidades mais próximas da fronteira com Espanha.
Em Portugal, entre a grande diversidade e dispersão de manifestações de tauromaquia popular, a Capeia deve a sua singularidade, a sua originalidade, à utilização do Forcão na lide do touro bravo. É o Forcão, apenas utilizado aqui, o elemento identitário da Capeia e que a distingue de todas as outras manifestações de tauromaquia popular/tradicional.
Neste sentido, em 2009, decidiu o Município do Sabugal iniciar os procedimentos conducentes à inventariação da Capeia, tendo em Novembro de 2011 sido inscrita no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial. Esta primeira inscrição no Inventário Nacional constitui um importante marco no recente percurso da salvaguarda do Património Cultural Imaterial.
O Filme / Documentário que aqui se apresenta resulta do compromisso de valorização, salvaguarda e preservação da Capeia que o Município do Sabugal assumiu. Na realização tivemos o cuidado de contextualizar a Capeia no Património do concelho e integrámos as melhores imagens de todas as que tiveram lugar no Verão de 2016. É um olhar sobre a Capeia que se pretendeu rigoroso em todas as suas fases, mas, simultaneamente um olhar com opções estéticas da sensibilidade da realização.’
Norberto de Oliveira Manso
‘Orgulha-se o concelho do Sabugal por ter na Capeia a mais identitária das suas manifestações culturais. Registada no Inventário Nacional do Património Cultural, a Capeia é a expressão mais enraizada da nossa cultura e que dá aos raianos um forte sentido de pertença, um orgulho ímpar e um sentido de comunidade. 
A poeira que se cola ao suor nas correrias dos encerros, a adrenalina na espera do ‘boi da prova’, a Capeia e o desencerro dão, no mês de Agosto – aos que cá residem, à diáspora que se junta a nós nessa altura e aos visitantes – uma intensa alegria, muita ansiedade, muita paixão, muitos nervos à flor da pele, emoções e sentimentos que se repetem ano após ano.
Vamos à Capeia e façamos a festa… Ó forcão rapazes!’
António dos Santos Robalo - Presidente da Câmara Municipal do Sabugal
Ficha técnica
Realização: Hugo Moreira; Edição e Sonoplastia: Renato Pereira; Mistura e Masterização: Tiago Fernandes; Textos: Sara Castro; Voz Off: Paulo Coelho; Grafismo: João Araújo;Operadores de Drone: João Pires e Hugo Moreira; Operadores de Câmara: Hugo Moreira, Renato Pereira, Tiago Fernandes, João Araújo, Diogo Proença, Luís Pedro Maio, Manuel Romeiro e David Concha; Supervisão Editorial: Norberto Manso e Ricardo Dias; Apoio à Produção: Inês Saraiva Moreira, Catarina Rito, Ângelo Teixeira e Ricardo Dias; Imagens Cedidas: Manuel Araújo (Nave – 1970); Göttingen, Institut Für den Wissenschaftlichen Film, Stierkampf in Forcalhos (Forcalhos – 1970) ; Co- Produção: Zerograus e Mestre Clique.