Sortelha: um tesouro com 800 anos de história
15 DEZEMBRO, 2018 SORTELHA
Sortelha: um tesouro com 800 anos de história
Na eventualidade de uma disputa pelo título da mais bonita Aldeia História, Sortelha certamente conseguiria uma menção honrosa. A vista do topo do seu castelo do século XIII é soberba, a que se juntam as velhas ruas e vielas da povoação, o seu pelourinho manuelino, as antigas igrejas e as inúmeras casas medievais, monumentos que nos fazem recuar a séculos passados, para um tempo de mercados medievais, casamentos nobres e batalhas épicas. Sortelha é tudo isto e muito mais.

Com foral concedido por D. Sancho II em 1228, Sortelha manteve a sua muralha e fisionomia urbana praticamente inalteradas desde a Idade Média, uma vez que a sua população preferiu progressivamente instalar-se fora do núcleo, numa zona mais fértil e menos acidentada, o que resultou numa das mais bem conservadas aldeias medievais portuguesas.

Comece a visita a Sortelha transpondo a Porta da Vila, a principal entrada do seu recinto amuralhado, e explore o Largo do Corro, um amplo terreiro de onde se destaca uma fonte quinhentista e um nicho barroco do século XVIII, um dos cinco Passos da Via Sacra dispersos pela aldeia.

À sua esquerda, no cimo de um monte, encontrará a antiga cidadela e a Torre de Menagem, acessíveis pela Porta do Castelo, caracterizada pelo seu arco de volta perfeita. Dentro da cidadela, procure pela Cisterna, que servia para o abastecimento de água, e suba ao topo da muralha, para desfrutar de um dos melhores miradouros de Sortelha e observar o formato oval da muralha que abraça a aldeia.

No sopé do Castelo encontrará o Largo do Pelourinho. Como na maioria das Aldeias Históricas, a praça principal possui duas estruturas que simbolizavam a importância do burgo na região: a Antiga Casa da Câmara, do século XVI e que possuía no seu piso inferior (encravado na muralha) a cadeia; e o Pelourinho manuelino, mandado construir em 1510 por D. Manuel. Junto ao pelourinho está outro dos Passos da Via Sacra, semelhante ao da Porta da Vila, e uma casa, presumivelmente do século XIII, denominada simplesmente de Casa Número 1, nome que advém da inscrição deste número numa das suas portas.

Abertas as candidaturas a cursos de formação nas  Escolas do Turismo de Portugal  - até 22 de fevereiro O Turismo de Portugal gere uma re...